Tag

Tag: 20 filmes preferidos (Parte I)

letraemusica
Oi gente, tudo bem?
.
Faz um tempinho que não posto nenhuma tag sobre filme aqui no blog, já estava sentindo falta rs Estava passeando pela internet, e dessa vez encontrei uma tag bem legal e claro trouxe para compartilhar com vocês.
.
A tag chama-se “20 Filmes Preferidos“, e nela você descreve os filmes que gosta e o porque. Este post ia ficar um pouquinho longo, então decidi fazer em duas partes, assim fica melhor pra vocês lerem. 🙂
.
Como são 20, separei por “categorias”: antigos, trilha sonora, divertidos e diversos.
Filmes
Antigos
Meu primeiro amor (1991)
.
Esse filme é queridinho de muitas garotas, a história do primeiro amor é emocionante. Quem não se comove quando Macaulay Culkin é atacado pelas abelhas? E o lindo anel que muda de acordo com o humor? Fico encantada sempre que recordo as aulas de poesia.
.
O Fabuloso destino de Amélie Poulain (2001)
.
Este filme começou a ser bem comentado recentemente, mas poucas pessoas sabem que é um filme bem antiguinho (lá de 2001). Ele é um filme francês e que foge do romance “água com açúcar” de hollywood, uma história incrível e cativante. Acho incrível quando o anão de jardim começa a viajar pelo mundo e envia cartões postais rs
.
Desventuras em série (2004)
.
Este filme foge à regra do estilo de Jim Carrey, confesso que descobri que era ele somente depois que comprei o DVD do filme. Isso deve-se à sua perfeita atuação. Para quem gosta de histórias mágicas, vai se apaixonar. Além é claro, do encanto que é o amor entre os três irmãos.
.
Grease (1978)
.
Por falar em antigo, esse daqui é o “vovô” da minha coleção haha pasmem, ele é 1978. Porque gosto dele? A trilha sonora é perfeita, não tem como terminar de assistir o filme sem sair cantando algumas das músicas. Isso sem contar que a última é inesquecível, ainda mais por nos fazer lembrar como é nos afastar dos amigos do colegial.
.
Curtindo a vida adoidado (1986)
Gente, como posso descrever esse filme? Já assisti um milhão de vezes #exagerada e sempre é como se fosse a primeira vez (trocadilho) haha A música dos Beatles em pleno centro de Nova Yok, nos deixa sem palavras. Além é claro da Mia Sara (que é linda) e o perfeito do Matthew Broderick.
Filmes
Trilha sonora
Bridget Jones: no limite da razão
.
Gostar da Renée não é tarefa difícil, ela é engraçada e carismática. O que dizer então quando ela cai no meio dos porquinhos ao vivo apresentando uma matéria? Significa que o filme promete boas risadas e o trio Renée, Hugh e Colin não deixam por menos. Até hoje dou altas risadas quando Hugh e Colin se jogam no chafariz e começam a brigar haha
.
Nunca fui beijada
.
Era um dos poucos filmes da Drew que eu ainda não conhecia, comprei e ficou bastante tempo fechado. Até que decidi assistir, aqueles 10 segundos em que a “Josie Geller” fica esperando por seu amor no meio do campo de baseboll, foram os segundos mais longos da minha vida, e quando ele vem correndo dá um frio na barriga rs e como trilha nada melhor que Beach Boys, com a linda canção Don’t worry baby. Sempre que assisto, choro nessa cena, é linda demais.
.
Letra e música
Como não amar esse casal? Drew e Hugh? Eles fazem o casal mais perfeito dos últimos tempos na minha humilde opinião. Sem contar a trilha sonora, que carrego até hoje no meu celular. Já viram que lindo o Hugh cantando?  A Renée que me desculpe, mas eu prefiro a Drew como par romântico do Hugh haha
.
Um amor para recordar
.
Mandy Moore dispensa apresentações. Acho que não há no mundo uma garota que não tenha assistido este filme. Como não se apaixonar por um amor que transforma nossa vida? Quem se lembra do Landon? O ponto forte do filme são as lindas canções da própria Mandy, que nos fazem chorar com a frase “O amor é como o vento, não podemos vê-lo, mas podemos sentí-lo”.
Como se fosse a primeira vez
.
Por coincidência eu e meu namorado já assistimos várias vezes juntos, e ele gosta demais também. Como não se apaixonar por um homem que todos os dias nos enche de alegria e faz de tudo para que o amemos? Entre fitas de vídeo, recadinhos, casinha de waffles com chaminé e uma linda praia, tudo pode acontecer, até um grande amor!
.
♥ ♥ ♥
.
Bem pessoal, essa é a primeira parte da tag, espero que tenham gostado da seleção. Em breve posto a segunda parte.
Alguém já fez essa tag? Se sim, deixa o link nos comentários para eu ler também!
.

Beijos,
Érika

Me acompanhe também nas outras redes sociais:
Facebook ♥ Instagram ♥ Twitter ♥ Flickr ♥ G+

Filmes
Filmes

Filmes para assistir no Netflix: Copenhagen (2014)

copenhagen1

Já pensou porque algumas pessoas entram na sua vida? Ou então qual o propósito? Algumas delas ficam mais ou menos tempo e de repente se distanciam, perdemos de vista, e ai surgem outras pessoas, é um ciclo.

Nós também fazemos diferença na vida das pessoas, muitas vezes até sem saber. Pode ser com um conselho, um sorriso, nossa amizade, o importante é que deixamos uma sementinha por onde passamos.

As vezes nos sentimos perdidos, desorientados, e então elas aparecem, transformam nossos dias, nossas vidas, nos fazem ver as coisas de uma maneira diferente, e já não somos nós mesmos e sim uma versão melhorada.

Idade é algo que não importa muito nesses momentos afinal podemos conhecer um mundo completamente novo ao lado de qualquer pessoa, concordam? É possível aprender com alguém que tenha 10 ou 65 anos, o que vale é estarmos abertos para essas experiências.

Esse é o ambiente em que se passa a história de Copenhagen, filme que conta a história de William que chega a Europa com o objetivo de entregar uma carta do pai que já faleceu para seu avô, no entanto ele não conhece a cidade, para dificultar não sabe falar o idioma local (dinamarquês) e depois seu melhor amigo o abandona para se casar com a namorada em outra cidade. William terá que desbravar a cidade sozinho, é ai que numa lanchonete ele conhece Effy, uma garota de apenas 14 anos, porém bem mais madura que William.

copenhagen

Os dois então iniciam a busca pelo avô de William, vão à igrejas, cartórios, visitam a antiga casa onde ele morava, a busca se torna ainda mais emocionante pois conhecem a cidade em cima de uma bicicleta e uma câmera fotográfica na mão. Tem jeito melhor de conhecer a Europa? Pedalar pelas ruas com ladrilhos e ainda poder fotografar todos os lugares, um verdadeiro sonho.

Preciso dizer que a fotografia do filme é linda, além dos vários locais que são mostrados no decorrer das cenas. Eles vão à uma mostra de arte, a um lago, à praia, até uma baladinha. A trilha do filme é incrível, em vários momentos aparecem músicas dinamarquesas, fiquei encantada pois nunca tinha ouvido.

copenhagen3

O filme nos ensina sobre amizade, companheirismo, perdão, compreender as pessoas, ter foco, lutar pelo que queremos, e o mais importante, há momentos nas nossas vidas em que é preciso mudar, amadurecer e olhar para o futuro de uma maneira diferente. Confesso que esperava um final clichê, no entanto fui surpreendida pois aconteceu algo bem diferente do que eu pensava. Na minha opinião esses são os melhores filmes, pois nos pegam de surpresa.

Assista o trailer 

Destaque

“Viver é isso: Ficar se equilibrando o tempo todo, entre escolhas e consequências.”

É isso pessoal, pra quem quiser assistir, ele está disponível lá no Netflix. Espero que tenham gostado da dica de hoje. Aqui você confere a trilha sonora, muito linda  Já conheciam esse filme? Gostaram? 🙂

Vocês acreditam que podemos fazer diferença na vida das pessoas? Deixe seu comentário!

Beijos,
Érika

Me acompanhe também nas outras redes sociais:
Facebook ♥ Instagram ♥ Twitter ♥ Flickr ♥ G+

Filmes para assistir no Netflix: Copenhagen (2014)
Séries

Stranger Things: Netflix cria série inspirada nos anos 80

strangerthings3

Os anos 80 se tornaram inesquecíveis sob vários aspectos, música, filmes, séries e várias outras tendências. De vez em quando algo surge como “novidade” no entanto é somente uma releitura de alguma coisa inspirada nos anos 80.

Essa década trouxe sucessos como Flashdance, Grease, e muitos outros que ainda hoje são conhecidos e trazem boas recordações pra quem assiste. Outros filmes que também fizeram sucesso nessa época foram Os Goonies, A patrulha B.R.A.T e E.T., eles têm em comum muita aventura, forte laço de amizade, e claro excelente trilha sonora.

Foi pensando em tudo isso que o Netflix trouxe para sua programação a série Stranger Things, que estreou no último dia 15. A série já começa diferente das outras pois sua primeira temporada conta com apenas 8 episódios, semelhante séries feitas na Europa como The Fall e Broadchurch.

A série conta a história de um grupo de quatro amigos, sendo que já no primeiro episódio numa noite após jogar RPG Will desaparece misteriosamente, os episódios seguintes cheios de aventura giram em torno dessa busca. Além da referência aos clássicos dos anos 80, a série ainda conquista pela fotografia (quem gosta de imagem analógica, estilo mais antiga, vai ficar impressionado com o trabalho feito pelo Netflix e pela ambientação da série), o irmão do garoto que sumiu é fotógrafo amador e ele tem uma Pentax (sim, bateu uma invejinha branca haha), a cidade é pequena, então todos se conhecem (sabe aquela amizade que rola em Smalville? é bem semelhante), tanto que todos saem em busca de Will.

Stranger Things

Outra curiosidade sobre a série é a participação da atriz Winona Ryder (mãe de Will), após algum tempo longe das telas ela volta no papel de uma mãe que precisou cuidar de dois filhos adolescentes após se separar do marido. Confesso que em alguns momentos é difícil reconhecê-la, ainda mais se você como eu, lembra dela do filme Os fantasmas se divertem ou então Doce novembro (onde ela atuou com Richard Geere).

A série traz mistérios, ficção científica, aquele ar de experiência com ETs, uma história que te prende desde o início. No primeiro episódio ainda quando Will desaparece, os garotos encontram uma menina no meio da floresta, ela quase não fala, então eles a chamam de 11 (sim, pois ela tem esse número tatuado no braço). Esse é outro mistério que eles terão que resolver.

Stranger Things

Comecei assistir a série no sábado e já vi quatro episódios, gostaria de deixar aqui meu elogio ao Netflix por confiar nos irmãos Duffer (que criaram e produziram a série, assim como Wayward Pines que é exibida pelo canal Fox+). Estou curiosa pelos próximos episódios e para saber os segredos de 11.

Se você como eu gostou da amizade entre Drew Barrymore e o E.T. acredito que também vai curtir acompanhar Stranger Things.

Assista o trailer 

Já conheciam a série? Assistiram algum episódio? Se sim, indicam? Estou ansiosa pela segunda temporada.

Beijos,
Érika

Me acompanhe também nas outras redes sociais:
Facebook ♥ Instagram ♥ Twitter ♥ Flickr ♥ G+

Stranger Things: Netflix cria série inspirada nos anos 80
fotografia

Scott Schuman em “The Sartorialist”

45
Oi gente, tudo bem? E o frio novamente em SC acreditam? Hoje amanheceu nublado com carinha de chuva, só porque o final de semana está chegando haha Mas vamos ao post né!
Além de filmes, séries e livros, minha outra paixão é fotografia, prova disso são as câmeras que venho colecionando ao longo dos tempos. Gosto de fotografar flores, paisagens, fazer macro e shows, amo ir a shows e fotografar os cantores, é uma maneira de eternizar aquele momento. Já fotografei Luan Santana, Fernando e Sorocaba, Jean e Júlio, Thaeme e Thiago, Ivete Sangalo, Victor e Léo, As chiquititas (faz tempo haha), Sandy e Júnior (quase 10 shows), João Bosco e Vinícius, Maria Cecília e Rodolfo, Inimigos da HP, entre outros.
.
Para melhorar as fotografias, sempre leio sites relacionados, vejo tutoriais, dicas de fotógrafos, enfim, sempre me mantenho informada. Foi assim que “conheci” o Scott Schuman.
Scott Schuman em "The Sartorialist"
Para quem não sabe, Scott Schuman é namorado da blogueira Garance Doré, lembram do post sobre ela aqui no blog? Pois é, ele é fotógrafo e faz cobertura dos desfiles de moda na Europa, além dos eventos, outra característica do seu trabalho são as fotos de rua, isso mesmo, ele fotografa pessoas estilosas na rua. Entre todas as imagens de sua autoria, gostei bastante as que mostram os estilos de mulheres de Paris, Milão, Londres, Nova York, Florença, muito bacana ver a moda ao redor do mundo.
.
O trabalho de Scott Schuman já foi destaque em revistas como a Vogue Paris, Vogue Itália, Interview, entre outras. Vem conferir comigo a seleção com os melhores clicks na minha “humilde” opinião rs.
Scott Schuman em "The Sartorialist"
Scott Schuman em "The Sartorialist"
Scott Schuman em "The Sartorialist"
Scott Schuman em "The Sartorialist"
Scott Schuman em "The Sartorialist"
Lindas as imagens não acham? Gostei muito do look saia preta/camisa branca e sandália. E vocês gostaram dos looks que escolhi?
.
Querem conferir estas e outras imagens? Basta clicar nos links aqui embaixo:

Beijos,
Érika

Me acompanhe também nas outras redes sociais:
Facebook ♥ Instagram ♥ Twitter ♥ Flickr ♥ G+

Scott Schuman em “The Sartorialist”